Header Ads

História da Igreja Batista em Quixeramobim


Congregação da PIB de Fortaleza

No ano de 1980, no mês de setembro a cidade de Quixeramobim recebeu a visita de uma comissão de pastores e missionários da Convenção Batista Cearense, para fazer um trabalho evangelístico e ao mesmo tempo abrir uma congregação.

Estava à frente desta comissão o irmão Silvio (in memória), membro da PIB de Fortaleza. Com ele veio também a missionária Gedalva Pereira, que há meses estava instalada em Quixadá e outros irmãos. Logo depois alugaram uma casa à rua Elizário Pinheiro, onde realizavam os cultos e ali muitas crianças e adultos frequentavam para ouvir a palavra de Deus.

Em 1981 foi batizado um grupo de irmãos dentre eles a irmã Rita Alice (em memória) mãe da irmã Aurelina Batista. A pregação da palavra continuava e as pessoas iam se convertendo, daí então a igreja comprou um terreno e construiu um templo que começou com três salas, as quais foram levantadas na época pelo então pastor da Assembléia de Deus Templo Central – Pr. Francisco Henrique.

Em 1983, mais um grupo de irmãos descia às águas batismais, a saber, irmã Julia Rufino, Elza Felipe e Aurelina Batista. As missionárias Gedalva Pereira e Leocídia Nilo de Jesus muito nos ajudaram juntamente com o irmão Assis que vinha de Fortaleza a cada 15 dias. O numero de congregados continuou crescendo e chegaram os irmãos Luiz Ferreira Lima e família, irmã Isabel, irmã Valda e família dentre outros.

Em 1984 graças às missionárias de Quixadá, a Junta de Missões Nacionais enviou a missionária Rute Martins que durante um ano esteve conosco, trabalhando para o crescimento da obra, ela, o grupo de Senhoras e o grupo de Jovens. Em 1985 ela foi transferida para Junta de Missões Mundiais.

De 1986 até 1991 a igreja então ainda congregação pertencente à PIB de Fortaleza foi assistida pelo evangelista Assis, que vinha de 15 em 15 dias realizar os trabalhos. A congregação contava na época 25 a 30 membros, foram cerca de 6 anos sem uma liderança que morasse no local.

Em 1991 a igreja recebeu o pastor Vanderlly Vitoriano (Pr. Vando) e esposa, a missionária Auricélia. Seu ministério foi muito abençoado e a congregação com ele ganhou caras novas subindo o número de membros a 70. 

Muitas foram as realizações do seu ministério, corais, Embaixadores e Mensageiras do Rei, União Feminina, o uso de peças teatrais para a transmissão da mensagem de Cristo, grupo de louvor, etc. Também em seu ministério foi construído o Templo por um grupo abençoado de americanos do estado de Arkansas. Eles não somente doaram dinheiro mas também se doaram, participando diretamente da construção do Santuário, foi uma verdadeira bênção. O culto de Pré-inauguração foi uma festa, embora não fosse o luxo que é hoje, o novo Templo trouxe muita alegria para os membros. 

A primeira sub-congregação estabelecida foi na localidade de Mel já nas terras de Madalena. Depois desta foi implantada uma sub-congregação no bairro da Cohab.

Quatro anos depois ele foi pastorear a Igreja Batista do Calvário em Fortaleza. Em seu lugar assumiu o irmão Enox de Souza Dantas. Durante os 8 anos que esteve à frente da igreja, Enox Dantas deu continuidade aos trabalhos abrindo novas congregações no interior como a construída em Quieto 2, congregação em Oiticica e uma na Parada Mil. 

Grupos de jovens se deslocavam para esses interiores a pregar a Palavra de Deus, Houve também evangelização no presídio local, inclusive com autorização da Justiça. Muitas almas ouviram a mensagem da cruz ali, algumas fizeram a decisão.

Das sub-congregações mencionadas, somente permanecem a de Parada Mil, Queto 2 e Cohab, hoje feitas congregações. 

Igreja Batista em Quixeramobim
 
Em 29 de janeiro de 2000, a congregação passou ao status de Igreja Autônoma, desmembrando-se da PIB de Fortaleza. 

Embora não fosse pastor propriamente dito, a Igreja outorgou as funções pastorais ao ir. Enox, passando este a realizar batismos, ceia e casamentos. 

Outras atividades se deram no tempo em que esteve à frente da Igreja tais como: Projetos de ação social, divisão da igreja em núcleos, continuação das organizações da igreja, intercâmbios com as congregações do interior e com outras igrejas batistas do nosso estado, - acampamentos – sem esquecer do aniversário do Programa esperança da Vida em 2000 quando trouxemos o cantor Armando Filho, mais de 1.000 pessoas estiveram naquele evento realizado no ginásio da AABB.

Com a sua saída assumiu durante 11 meses o vice-presidente Fco. Kleber Mendes de Oliveira (que ainda assumiu um outro período entre 2004 a 2005) dando continuidade aos trabalhos normais da Igreja, contando com o apoio do irmão Paulo Gunics que já vinha auxiliando a igreja desde a época do ir. Enox. O Diácono Kleber assumiu a igreja até a chegada do pastor Josimar.

Em 2004 o Pastor Josimar e sua família, estabelecendo-se em Quixeramobim, assumiu a igreja recebendo-a das mãos do Diácono Kleber. À medida em que iam surgindo novos crentes, iam sendo batizados e acrescentados ao rol de membros. Nesse período a igreja foi ousada ao trazer de Fortaleza, o missionário Reginaldo que atuou nas localidades de Parada Mil, Oiticica e adjacências. 

Foram realizadas Escolas Bíblicas de Férias, de Jovens, acampamento e colocado no ar a Manancial FM 104,9 (inativa atualmente), foram 18 meses em que esteve à frente da igreja. Ao sair, novamente a igreja ficou sob os cuidados do irmão Kleber.

Em 2005 o pastor Gustavo Monteiro de Araújo (Pr. Monteiro) e sua esposa ir. Carla. chegaram a Quixeramobim para pastorearem a igreja. A igreja cresceu muito.

Trabalhou-se em missões estaduais, nacionais e mundiais, contribuindo financeiramente e com as orações pelos valentes que desbravam o desconhecido mundo a fora.

Nesse período foram enviadas três “missionárias da terra”, Marta, Marilene e Joelina aos campos cearenses, o ponto de partida foi a cidade de Crateús nos Inhamuns, onde aconteceu a 6ª Assembléia anual da CIBUC. Também foram realizados trabalhos em parceria com a com a Congregação de Senador Pompeu.

Após a saída do Pr. Monteiro, e um tempo de liderança interina, a igreja convidou o Pr. Elmo Machado para assumir o cargo de seu pastor efetivo.

Desde 2014 a igreja é pastoreada por Elmo Machado.

Pastores/Líderes da IBQ desde sua fundação

Quando Congregação pertencente à PIB de Fortaleza

1980 - Ev. Silvio (Apenas Assistência)
1983 - Miss. Gedalva Pereira e Leocídia Nilo de Jesus e Ev. Assis (Apenas Assistência)
1984 a 1985 - Miss. Rute Martins
1986 a 1990 - Ev. Assis (Apenas Assistência)
1991 a 1994 - Pr. Vanderlly Vitoriano
1994 a 2002 - Ev. Enox Sousa Dantas

Quando Igreja Emancipada

2002 a 2003 - Diác. Francisco Kléber M. de Oliveira
2003 a 2004 - Pr. Josimar do Nascimento
2004 a 2005 - Diác. Francisco Kléber M. de Oliveira
2005 a 2013 - Pr. Gustavo Monteiro de Araújo
2013 - Diác. Francisco Kleber M. de Oliveira
2013 - Diác. Herbete de Sousa Dantas
2014 até hoje - Pr. Elmo Machado

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.